segunda-feira, 29 de junho de 2009

Ói eu!

Baiano não nasce, estreia meu povo! E quadrúpede não vem ao mundo em berçário, sai da mãe e pimba, no chão! Vai ver que foi a pancada que me deixou assim...

Comer mato é uma onda. Queimam ele por aí... mas comigo ele vira adubo, vira postagem, vira burrice, vira monte de coisa pra quem quiser ler.

Sim, as burras também blogam. E no meu curral eu faço o que quero. Não tentem me botar arreio, é só isso que peço. Como uma boa moça, digo, burra, empaco e só faço o que quero.

Uma lambida boa em quem passar por aqui, se é que vão passar. Pasto recem plantado é uma merda...

Himmm hommm...


2 comentários:

Dani (ela) disse...

jumenta é a *&@$V*##%!!

até que está arrumadinho :)

suuuuuuuuuuuuuuuuucesuuuuuuuuuuuuu!!

[deixa ela começar a relinchar as merdas delas].

[/ai, um coice].

Ric Dexter disse...

Esse seu brogui prumeti... hehe.

Beijo.